Sancas em Gesso

Para quem busca por modernidade, poderá ter uma excelente opção de decoração com sancas de gesso.

Gesso é uma ótima dica de como deixar sua sala mais charmosa, seu quarto melhor iluminado. Mas você sabe a diferença da sanca para o forro de gesso? Conhece os tipos de sanca: fechada, aberta ou invertida? Sabe como chamam os como iluminação embutida direta ou indireta? Entenda de uma vez por todas o que são as sancas de gesso e como podem ser usadas na decoração da sua casa.

Quando pensamos na reforma e decoração de uma casa, um ponto de extrema importância é o teto, pois ele ajuda a determinar o tamanho e a iluminação do ambiente. Hoje em dia um imóvel novo apresenta tetos mais baixos, o que pode dar sensação de que o ambiente é menor do que realmente é. Para disfarçar essa altura e ajudar a distribuir a iluminação de maneira que o cômodo fique mais confortável, podemos lançar mão do uso da sanca de gesso.

Muitos acham que não há nenhuma diferença e que forro e sanca de gesso são a mesma coisa. Na verdade, há sim diferenças entre eles. Apesar de ambos "formarem" o teto, o forro de gesso, também chamado de "rebaixamento", fica a alguns centímetros da laje e da parede, "substituindo" o teto e criando um efeito muito interessante com sua iluminação direta. Já a sanca deixa o teto à vista, utilizando-o como refletor.

Gesso Rebaixado JoinvilleO forro de gesso, também chamado de "rebaixamento", fica a alguns centímetros da laje.

 

Afinal, o que é Sanca?

A sanca é uma moldura feita normalmente de gesso e instalada no ponto em que o forro e a parede se encontram. Podem ser lisas ou decoradas, abertas ou fechadas, com ou sem iluminação e estão cada dia mais presentes no acabamento de ambientes residenciais ou comerciais, para dar um toque de estilo e modernidade ao imóvel.

Sanca Convencional JoinvilleA sanca é uma moldura feita normalmente de gesso e instalada no ponto em que o forro e a parede se encontram.

Para fazer uma sanca aberta a abertura da moldura fica voltada para o centro do ambiente e, no vão, pode-se embutir a luz de maneira que ela reflita no forro e ilumine o cômodo, fazendo uma iluminação indireta.

Já a sanca invertida também é aberta, mas o vão fica nas laterais, voltado para a parede. Difere do forro pois não há luz embutida que reflita no teto.

A sanca fechada não apresenta nenhum tipo de abertura, e nela só é possível utilizar iluminação direta, utilizando spots.